Estádio Municipal de Braga

O Estádio Municipal de Braga, conhecido por Estádio da Pedreira, afirma-se como uma mais-valia para o concelho, valorizando a cidade e a região. Projectado pelo Arquiteto português Eduardo Souto Moura (Prémio Pritzker 2011) e pelo Engenheiro português Rui Furtado (da empresa Afaconsult), é uma obra de particular beleza, enquanto peça de arquitetura e de invulgar engenharia «uma grande obra de arte», que vem dar corpo ao Parque Urbano implantado na encosta do Monte Castro, na periferia da área urbana de Braga virado para o vale do Rio Cávado.

Capacidade: 30286 lugares todos sentados
Comunicação Social: 170 lugares
Sala de Segurança: 1
Sala de Controlo: 1
Ano de Inauguração: 2003

 

CONTACTOS

 

Estádio Municipal de Braga
Parque Norte, Ap. 12
4700-087 Monte Castro – Dume, Braga

+351 253 206 860

+351 253 612 929

 mail@scbraga.pt

Coordenadas
41.562564, -8.430133

 

ACESSIBILIDADE

 

Direção
Porto > Braga
Saída da A3 – Braga Sul/Celeirós
Sentido Braga Oeste
Virar para Vila Verde/Estádio
Sair da via-rápida em Estádio

Comboio
Estação de Comboios de Braga – Saída Braga

Autocarro
Autocarro TUB
Nº 5 – DUME
Para consultar os percursos e horários dos TUB clique aqui.

Taxi
+351 253 253 253

 

PONTOS DE VENDA

 

Os bilhetes para todos os jogos e eventos do estádio, estão disponíveis nos seguintes locais:

  • SC Braga Store
  • Loja SC Braga no Braga Parque
  • Secretaria do Clube no Estádio 1º de Maio
  • Bilheteiras do Estádio (dias de jogo)
 

PRÉMIOS

 

O Estádio foi projetado pelo Arquiteto Eduardo Souto Moura e pelo Engenheiro Rui Furtado, da empresa Afaconsult. O Estádio foi construído para o Euro 2004, que se realizou em Portugal.

Este foi um projeto de linhas arquitetónicas inovadoras, com duas bancadas laterais e com 30 mil lugares de capacidade. Nos topos do Estádio podemos encontrar parte da antiga pedreira, e do outro uma maravilhosa vista para um vale de Braga. A cobertura do Estádio surge com a inspiração nas pontes construídas pela civilização Inca, no Peru.

Esta fantástica obra foi contemplada com o Prémio Secil em 2004 (Categoria Arquitetura), e em 2005 (Categoria Engenharia Civil), prémio este que distingue de dois em dois anos pares, e de dois em dois anos ímpares, as mais significativas obras de Arquitetura e Engenharia realizadas nesse período.

O arquiteto Eduardo Souto Moura recebeu o Prémio Pritzker, galardão mais elevado da arquitetura a nível mundial, em Junho de 2011. O prémio foi entregue em Washington, nos Estados Unidos, numa cerimónia onde o Estádio foi destacado pelo júri e elogiado pelo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.