O SC Braga reencontrou, este domingo, o caminho das vitórias. Triunfo por 3-0 sobre o CD Tondela, num resultado que espelha a total superioridade bracarense, mas que podia – e devia – ser mais dilatado.

No lançamento da partida Abel Ferreira havia vincado a obrigatoriedade de vencer este jogo… e a equipa correspondeu de forma tremendamente afirmativa. A entrada em campo foi fortíssima e o golo de Wilson Eduardo no primeiro minuto deu um conforto natural ao SC Braga.

O restante encontro foi feito em autêntica velocidade de cruzeiro. Os Gverreiros do Minho souberem gerir o encontro a seu belo prazer e levá-lo para as esferas que quis ao longo do mesmo. Assim, e com relativa naturalidade, as oportunidades foram surgindo e só algum infortúnio aka desacerto impediu que o resultado se avolumasse mais cedo.

A Pedreira – bem composta num horário agradável – teve que esperar até à meia hora final para voltar a explodir de alegria. Paulinho – com a colaboração de Cláudio Ramos – e Fransérgio fecharam as contas de um triunfo justo e saboroso.