“Um clube como o nosso não pode olhar para nenhum jogo sem ser com o intuito de o vencer”. Palavras de José Carvalho Araújo, técnico dos Sub-23, no lançamento da partida com a Académica de Coimbra. Confiança q.b e estado de alerta para os perigos que o adversário pode criar.

Expetativas: “Um clube como o nosso não pode olhar para nenhum jogo sem ser com o intuito de o vencer. Vencer com qualidade, futebol positivo e com uma identidade muito própria. Sabemos que vamos defrontar uma perigosa e o último jogo deles, contra o CD Aves, é o espelho disso mesmo. Uma equipa que cada vez mais se sente confortável a defender e a atacar em ataques rápidos. Temos que estar preparados para esses perigos, mas sempre com uma ideia muito positiva, procurando controlar o encontro do princípio ao fim”.

A importância de somar pontos: “Vemos uma Liga Revelação que está muito competitiva, onde a diferença entre o primeiro e o sétimo lugar são quatro ou cinco pontos. Estamos a falar numa variação constante na tabela. Cada ponto é precioso, independentemente de ser contra equipas que estão mais abaixo ou mais acima”.