Abel Ferreira, após a vitória frente ao Vitória FC, afirmou que o resultado é inteiramente justo face à exibição da sua equipa. O técnico dos Gverreiros do Minho disse ainda que a ambição, a exigência e a superação são os lemas da formação arsenalista e que isso faz com que saia desta partida contente, mas não satisfeito porque quer sempre mais dos seus jogadores.

Análise do encontro: “Estou contente, mas não satisfeito. Estamos a falar de um adversário que vinha de 10 jogos seguidos sem perder e esta vitória foi inteiramente justa. A nossa equipa quer ser melhor a cada dia, a cada treino e a cada jogo. É uma equipa que aprende com as derrotas e só tem uma cara. Independentemente do resultado, quero sempre perceber porque ganhamos ou porque perdemos para que a cada domingo estejamos sempre preparados para defrontar qualquer adversário”.

Um SC Braga com recursos para competir em várias frentes: “A nossa equipa está habituada a ter estes microciclos de três jogos por semana. Nós temos recursos internos e jogadores famintos para que os escolha para o 11 inicial. Não é fácil, mas dá-me gozo escolher aqueles que são os melhores para cada jogo. É fundamental fazer uma boa alimentação e repousar. Darei o melhor de mim para eliminarmos o ‘super Marselha’. Já disse aos jogadores que tenho o segredo guardado”.

Vontade de querer sempre mais: “Estou contente porque fizemos um bom jogo, mas não estou satisfeito porque quero sempre mais. Isso faz parte do nosso ADN e da nossa ambição. Queremos a cada jogo jogar cada vez melhor. Os lemas desta equipa é a ambição, a exigência e a superação. Nós não nos comparamos com ninguém, queremos é ser cada dia melhores”.