Noite chuvosa, fria, mas aquecida por dois voos de Dyego Sousa. Foi desta forma que o SC Braga conquistou um importante triunfo (2-1) sobre o Vitória FC, que mantém os Gverreiros do Minho topo da Liga NOS.

As perspetivas de uma noite complicada acabaram por se confirmar. Numa noite chuvosa e gélida, o SC Braga encontrou um adversário ‘chato’ e incómodo. Um Vitória FC que ‘se fez de morto’ durante quase todo o encontro, mas que ‘despertou’ nos instantes finais.

Pelo meio há mais uma exibição positiva da equipa de Abel Ferreira, que soube quase sempre reagir em conformidade com dificuldades. Duas verdadeiras cabeçadas de Dyego Sousa – melhor marcador da Liga NOS com sete golos – fizeram toda e qualquer diferença. Pelo caminho, um golo apontado por Éber Bessa (18′) que, então, deu o empate aos sadinos.

Exibição convincente, – que, diga-se, poderia ter sido colorida com mais golos – três pontos e o topo da classificação para SC Braga e FC Porto, ambos com 21 pontos.