O SC Braga perdeu, este sábado, frente ao Boavista FC por 4-2 em jogo correspondente à 33ª jornada da Liga NOS. No penúltimo jogo da temporada, a formação liderada por Abel Ferreira produziu muito a nível ofensivo, mas acabou por cometer demasiados erros saindo derrotada desta partida.

Os Gverreiros do Minho entraram fortes no encontro. Logo aos 6 minutos, Palhinha abriu o ativo a favor do conjunto arsenalista com um tiro do meio da rua. Após o golo do SC Braga, a formação axadrezada reagiu e conseguiu fazer o empate através de Obiora à passagem do minuto 22.  Quatro minutos depois, Wilson Eduardo não desperdiçou a marcação de uma grande penalidade e colocou um sorriso rasgado nos adeptos do SC Braga que se deslocaram esta tarde ao Estádio do Bessa. Contudo, as panteras não se deixaram ser domadas até ao final do primeiro tempo… o conjunto vestido de preto e branco fez uma reviravolta no marcador com golos apontados por Yusupha (40) e Mateus (43’).

No segundo tempo, o Boavista FC começou melhor. Aos 48’, Bueno na conversão de um livre direto aumentou a vantagem da turma liderada por Lito Vidigal. O SC Braga foi à procura de outro resultado. A 15 minutos dos 90’, Dyego Sousa atirou uma bomba ao poste da baliza do Boavista FC – uma das tantas oportunidades que o SC Braga dispôs nesta segunda parte. Até ao final do encontro os Gverreiros do Minho tentaram reagir, mas apanharam o guardião Rafael Bracali inspirado que negou por mais de cinco vezes o golo ao SC Braga.