O SC Braga carimbou, este domingo, a passagem à final da Taça de Portugal Allianz. A formação liderada por Miguel Santos exibiu-se a grande nível e goleou o CA Ouriense por 6-0, num jogo correspondente à segunda mão das meias-finais da competição.

As Gverreiras do Minho entraram a todo o gás no encontro e criaram mais de uma mão cheia de oportunidades claras para inaugurar o marcador. No entanto, o golo da formação bracarense só chegou ao minuto 33’, quando Edite Fernandes mostrou frieza na cara de Andreia Barracho e fez o primeiro da legião bracarense. O SC Braga continuou a carregar e conseguiu dilatar a vantagem. Laura Luís (38’) e Andreia Norton (44’) apontaram mais dois tentos do conjunto bracarense, fixando o resultado em 3-0 ao intervalo.

A segunda parte foi o espelho da primeira. A formação liderada por Miguel Santos dominava e o CA Ouriense limitava-se a defender. Aos 53’, após um cruzamento com conta, peso e medida de Regina, Laura Luís efetuou um cabeceamento perfeito e fez o quarto do SC Braga. Nove minutos depois, Rita Darko foi infeliz ao introduzir a bola na própria baliza, colocando as Gverreiras do Minho a vencer por uma mão cheia de golos. À passagem do minuto 78’, Guita – atleta lançada a jogo no decorrer da segunda parte – estreou-se marcar na partida e fez o sexto golo da tarde. Até ao final do encontro, a equipa minhota dominou a partida seu bel prazer, rubricando a sua presença no Estádio Nacional.