O SC Braga somou, esta sexta-feira, mais uma mão cheia de golos na Liga NOS. Com mais uma exibição de elevado quilate, a equipa de Abel Ferreira goleou na visita ao FC Paços de Ferreira por 5-1.

Em noite abrilhantada pelo misticismo da sexta-feira 13, o SC Braga cedo partiu em busca da melhor das sortes. Depois de alguns avisos absolutamente sérios, Paulinho teve nos pés a mais flagrantes das oportunidades até ao golo inaugural. Porém, o número 20 bracarense acertou no ferro na conversão de uma grande penalidade cometida sobre si mesmo, lance que valeu o cartão vermelho direto a João Góis. O SC Braga rapidamente afastou os fantasmas do desperdício na Feira e momentos depois inaugurou mesmo o marcador por Wilson Eduardo (17’). Em modo demolidor, o conjunto bracarense precisou de apenas quatro minutos para aumentar a vantagem, novamente por Wilson Eduardo. O TGV vermelho não abrandou e ficou a dever a si mesmo uma vantagem ainda maior no final do primeiro tempo.

Após uma etapa inicial demolidora, o SC Braga viu-se ‘obrigado’ a baixar ligeiramente o ritmo no segundo tempo. Foi nesse período que o FC Paços de Ferreira aproveitou para dar alguns passos em frente no terreno, chegando mesmo ao primeiro golo por intermédio de Luiz Phellype (57’). O tento sofrido como que despertou novamente os Gverreiros e, com o andamento habitual, o terceiro foi uma mera formalidade. O autor? Um dos suspeitos do costume: Ricardo Horta. Insaciável… Sim, o SC Braga voltou a não se dar por contente e forjou na Capital do Móvel mais uma bela mobília para o ‘quarto’ da época 2017/2018. Danilo (72’) e o recém entrado Dyego Sousa (90’) completaram mais uma goleada que coloca os Gverreiros do Minho provisoriamente no pódio.