João Aroso é o novo treinador da equipa B do SC Braga. O técnico de 44 anos assinou um vínculo válido até ao final da temporada 2018/2019 e já orientou a sessão matinal desta terça-feira. Licenciado em Educação Física e Desporto soma passagens pela Seleção Nacional A, pelo Sporting CP e pelo AEK, sempre como treinador adjunto. Enquanto treinador principal, orientou a Seleção Nacional Sub-15. Alexandre Ribeiro, Rui Santos e Orlando Silva completam a equipa técnica.

No seguimento da sua oficialização, João Aroso deixou algumas palavras ao scbraga.pt, dando conta da sua enorme satisfação por representar “um grande clube”.

Perspectivas de adaptação fácil a “um clube grande”: “É uma satisfação muito grande representar um clube que é grande e que quer ser cada vez maior, dando passos firmes nesse sentido. Chego com uma perspectiva de continuidade e para isso contribui muito a relação, proximidade e identificação que existe entre mim e o mister Abel Ferreira. Revemo-nos em princípios semelhantes como a exigência ao nível do compromisso e do caráter, mas também em questões mais técnicas e relacionadas com a forma de jogar. Tudo isto joga a favor dessa perspectiva de continuidade que pretendemos que aconteça. A mudança será ténue e a adaptação será seguramente fácil”.

Preocupação com o detalhe: “Destaco a preocupação com o detalhe aos mais diversos níveis. Na forma como preparo o treino e o jogo, mas também naquilo que é o tipo de correções do ponto de vista tático”.

Uma primeira impressão “muito positiva”: “A primeira impressão é muito positiva. Quer ao nível da simpatia com que fui recebido, quer ao nível da organização. As instalações já conhecia, em virtude de já cá ter estado como adversário e devido ao facto de manter uma relação próxima com o Paulo Fonseca. Quanto ao grupo, já posso dizer que o conheço bem, derivado do facto de ter vistos inúmeros jogos para me identificar o mais possível. Como disse, a impressão é amplamente positiva”.

Objetivos: “Uma equipa B tem como grande objetivo potenciar jogadores para a equipa principal. Olhando para as equipas B, a do SC Braga tem sido aquela que claramente tem potenciado mais atletas. Esse é o nosso grande objetivo, num clube que aposta forte na formação. Ao mesmo tempo que conseguimos isso queremos, naturalmente, vencer”.