O SC Braga tem em agenda dois jogos até ao final da presente temporada, tendo pela frente Sporting CP e FC Porto. Diante dos leões, os gverreiros disputam o último jogo do campeonato e, uma semana depois, defrontam os dragões na final da Taça de Portugal, no Estádio do Jamor. Questionado sobre uma possível gestão no plantel, Paulo Fonseca foi perentório. “Vou apostar nas fichas que considero que me podem dar a vitória sobre o Sporting”, assegurou. Num desafio que será decisivo nas contas do título, Paulo Fonseca não se intromete numa guerra que não é dele e deixa uma garantia. “O SC Braga vai fazer tudo para vencer o jogo. A nossa intenção é ganhar e que ninguém tenha dúvidas. Entrará em campo aquela que considero ser a melhor equipa por forma a proporcionar um bom espetáculo e que garanta a nossa vitória”, referiu.

No entanto, o treinador dos minhotos não se refugiou em teorias baratas e afirmou que o desafio de maior importância para o SC Braga é a final da Taça de Portugal. “Temos de ser transparentes. A taça é mais importante do que o jogo com o Sporting, basta perguntar aos adeptos. Aliás, este é um título que o clube persegue há 50 anos”, lembrou. Ainda assim, o técnico não abre espaços para suposições ou criticas à forma como os gverreiros entrarão em campo. “A forma como abordaremos o jogo será clara, sabendo que fizemos o nosso trabalho e não estivemos à espera de ajuda de terceiros. Sei que posso estar a desiludir algumas pessoas com este discurso, mas quem me paga é o SC Braga e tenho de fazer tudo para prestigiar o clube, defendendo os seus interesses”, sublinhou.

Sobre o leão, Paulo Fonseca espera uma equipa focada em atingir o grande objetivo da época, o de ser campeão nacional. “Será uma equipa ao ataque com a ambição de se sagrar campeã. Trata-se de dois clubes com qualidade e, por isso, podemos esperar um bom jogo de futebol”, terminou.