O SC Braga venceu o segundo encontro particular disputado esta sexta-feira, derrotando o CS Marítimo por 2-1, em Lousada, e com reviravolta no marcador. Stojiljkovic e Rui Fonte marcaram os golos dos Gverreiros do Minho, que assim venceram um adversário de nível europeu e que também entra em ação já no dia 27 de julho.

A etapa inicial demonstrou um SC Braga a assumir a iniciativa do jogo, perante um CS Marítimo a apostar no erro do adversário, nas bolas paradas e nas transições. Pertenceram aos Gverreiros do Minho as melhores ocasiões de golo, tendo as mais flagrantes sido finalizadas por Hassan, Fransérgio e Jordão. Seria contudo o CS Marítimo a marcar, já perto do intervalo, por intermédio de Piqueti.

A toada manteve-se na segunda parte, cabendo a Dyego Sousa a primeira grande oportunidade para o SC Braga, que o guarda-redes do CS Marítimo anulou. Fábio Martins e Pedro Santos, também de cabeça, beneficiaram de novas ocasiões para igualar, mas o desacerto na finalização impediu os Gverreiros de materializarem em golos o claro ascendente na partida, que na etapa complementar teve sentido único.

Até que surgiu Stojiljkovic, certeiro a finalizar um excelente cruzamento de Esgaio, dando finalmente alguma expressão ao intenso domínio bracarense. O mesmo Stojiljkovic, minutos mais tarde, serviria Rui Fonte na área para o desvio simples para o 1-2 final, dando ao SC Braga um triunfo que se ajusta ao desenrolar do encontro.

O SC Braga alinhou de início com: Matheus; Esgaio, Rosic, Raul Silva, Jefferson, Jordão, Fransérgio, Pedro Santos, Fábio Martins, Hassan e Dyego Sousa.

Jogaram ainda: Stojiljkovic, Rui Fonte, Luther e Xadas.