A 15 de abril deste ano, uma explosão de gás na habitação da família Oliveira, na freguesia de Espinho, resultou numa tragédia que chocou a comunidade local. Gino Gabriel e Pedro Oliveira, de 8 e 14 anos respetivamente, ficaram órfãos. O pai, que salvou os filhos do incêndio, viria a falecer um dia depois. A mãe esteve internada no Hospital de São João, no Porto, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Pelo apoio ao futuro destes irmãos, o SC Braga vai participar num encontro entre a sua equipa de futsal e a formação do Espinho Activo. O jogo solidário realiza-se esta sexta-feira, dia 11, às 21 horas, no Pavilhão Desportivo da Sobreposta. A entrada tem o custo de um euro, a reverter a favor dos irmãos Oliveira, e que dá direito ao sorteio de uma camisola autografada pela equipa de futebol principal dos Gverreiros do Minho.

O presidente do SC Braga, António Salvador, estará presente no encontro, associando-se a esta causa e manifestando o seu total apoio aos irmãos. Ao divulgar o encontro e, sobretudo, a causa, o SC Braga convida os seus adeptos e a comunidade em geral a ajudar, na medida das suas possibilidades, Gino Gabriel e Pedro Oliveira.

A presença no jogo desta sexta-feira será a forma mais imediata de os interessados o fazerem, mas serão oportunamente divulgadas outras formas de acudir às necessidades dos irmãos de Espinho.