A aventura da Legião na Taça de Portugal vai conhecer o seu primeiro capítulo bem perto da capital do Minho. Ditou o sorteio que o SC Braga se desloque ao terreno do FC Felgueiras 1932, histórico do futebol português que milita, atualmente, no Campeonato de Portugal.

Habitué nos campeonatos nacionais – onde já marcou, inclusive, presença na I Divisão -, o FC Felgueiras 1932 ocupa o sexto lugar com 10 pontos da Série A. A cinco pontos das posições que dão passaporte para a 2.ª fase, tem realizado um campeonato positivo, que mantém a equipa dentro daquilo que são os objetivos para a temporada.

Com um plantel que apresenta um misto de juventude e experiência, há algumas caras conhecidas da Legião. Desde logo Edelino Ié, luso-guineense que passou pela equipa B entre 2016 e 2017. Rabiola, nome conhecido do futebol português, também fez parte da família bracarense em 2012/2013. A fechar, destaque ainda para Pintassilgo, médio que trilhou um percurso interessante na I e II Liga.

O técnico dos felgueirenses também é uma cara bem conhecida no panorama. Falamos de Ricardo Sousa – antigo médio de clubes como o FC Porto e Boavista FC -, filho de António Sousa, histórico jogador e treinador do nosso futebol.